Cirurgia Dermatológica

CIRURGIA DO CÂNCER DA PELE NÃO MELANOMA

O câncer de pele não melanoma possui elevada frequência em nossa população. A principal opção para o tratamento dessas lesões é a abordagem cirúrgica. Realiza-se a exérese do tumor, com posterior sutura e envio do material removido para exame histopatológico.

 

CIRURGIA DO MELANOMA

A cirurgia é a única opção terapêutica capaz de curar o paciente que possua uma lesão com o diagnóstico de Melanoma. Dessa forma, numa primeira etapa, é feita e exérese cirúrgica do tumor com margens exíguas. Essa primeira cirurgia deve ser realizada o mais rápido possível após o diagnóstico dado pelo dermatologista.

O material obtido com a retirada cirúrgica segue então para o exame histopatológico. Num segundo momento, levando em conta informações obtidas nesse exame, é feita a ampliação de margem da primeira cirurgia para que se possa ter maior segurança de uma terapêutica eficaz.

 

CIRURGIA DE NEVOS

Nevos (pintas ou sinais) em geral são lesões de natureza benigna, mas que podem se confundir com o melanoma. Os nevos mais irregulares devem ser removidos cirurgicamente e, pacientes com múltiplos nevos irregulares devem ser acompanhados frequentemente pelo dermatologista para exames clínico e dermatoscópico. A técnica cirúrgica consiste na remoção total da mancha escura, seguida do envio do material retirado para exame histopatológico (biópsia).

 

CORREÇÃO CIRÚRGICA DE CICATRIZES DE ACNE

O tratamento cirúrgico das cicatrizes de acne envolve diferentes técnicas, uma vez que cicatrizes de diferentes formatos recebem diferentes abordagens terapêuticas. Na maioria dos pacientes, inclusive, é indicada a abordagem cirúrgica antes das terapias a laser, visando melhores resultados.

 

CORREÇÃO CIRÚRGICA DE CICATRIZES INESTÉTICAS E QUELÓIDES

Cicatrizes hipertróficas e quelóides são cicatrizes elevadas, exageradas e que podem surgir de forma imprevisível, a despeito da técnica cirúrgica correta. As cicatrizes inestéticas costumam ser corrigidas com nova abordagem cirúrgica ou com a aplicação de lasers não ablativo e ablativo, enquanto os quelóides geralmente são tratados com criocirurgia e infiltração com corticoide intralesional. Cicatrizes atróficas também podem ter boa resposta aos tratamentos com laser.

 

CRIOCIRURGIA

A criocirurgia consiste em método cirúrgico que utiliza baixas temperaturas, através do uso de substâncias refrigerantes, com o objetivo de tratar diversas lesões da pele. Diversas intensidades de congelamento podem ser alcançadas, sendo um método utilizado tanto para fins cosméticos, como para o tratamento de lesões malignas.

 

ELETROCIRURGIA DE ALTA FREQUÊNCIA

A eletrocirurgia é técnica cirúrgica que consiste na aplicação de ondas eletromagnéticas de alta frequência sobre a pele, com a finalidade de tratar diversos problemas dermatológicos. Pode ser utilizada para tratamentos cosméticos, para a interrupção de sangramento nas cirurgias e para a destruição de tumores da pele.